O que é Cialis?

Cialis (tadalafila) é um medicamento sob prescrição, utilizado para tratar a disfunção erétil. Ele pode auxiliar os homens que sofrem de impotência a manter uma ereção contínua. No entanto, ele não cura a disfunção erétil e nem aumenta o desejo sexual de um homem. Ele é fabricado pelo laboratório Eli Lilly e foi aprovado pelas autoridades de saúde em 2003.

O que é disfunção erétil?

A disfunção erétil é uma condição onde o homem tem a incapacidade de obter ou manter uma ereção durante a excitação sexual.

Cialis pode prevenir uma gravidez ou agir contra a propagação de doenças sexualmente transmissíveis?

Não O Cialis não é um método contraceptivo masculino e não pode proteger o homem ou seu/sua parceiro/a contra doenças sexualmente transmissíveis, incluindo o HIV.

Há contraindicações para uso do Cialis?

Sim. Em 2005, a FDA emitiu um alerta para os homens quanto à uma eventual perda de visão após a ingestão de Cialis. A perda de visão, a chamada neuropatia ótica isquêmica anterior não arterítica (NOIA não arterítica), foi vivenciada por um pequeno número de pacientes que utilizaram o Cialis, Viagra e Levitra. A FDA aconselha os pacientes a interromper a utilização do medicamento, caso comecem a sentir uma perda de visão.

Quem não deve tomar Cialis?

Os pacientes devem evitar o Cialis caso tomem nitratos, usem drogas recreativas contendo nitrato alquílico (popularmente chamado de «poppers»), ou foram aconselhados pelo seu médico a evitar qualquer atividade sexual.

Existem riscos graves para a saúde associados ao Cialis?

Pacientes podem experimentar uma queda repentina da pressão sanguínea, após a ingestão de Cialis. Isto é particularmente frequente em pacientes que ingerem nitratos. Pacientes que sofrem de uma queda da pressão arterial podem sentir tonturas, fraqueza, ou sofrer um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.

Quais são os efeitos colaterais?

Os efeitos colaterais frequentes incluem dores de cabeça, indigestão, dor nas costas, dores musculares, rubores e nariz entupido ou escorrendo. Efeitos colaterais menos frequentes incluem uma ereção contínua de muitas horas (chamada priapismo) e problemas de visão.

O que devo dizer ao meu médico caso eu já utilize Cialis?

Caso você tome Cialis, por favor comunique esta informação aos profissionais de saúde que você consulta. Se precisar de cuidados médicos de emergência para um problema cardíaco, é importante que o médico saiba a data em que você ingeriu pela última vez um comprimido de Cialis.

O que devo dizer ao meu médico antes que ele prescreva o Cialis?

Antes de utilizar o Cialis, você deve especificar se você atualmente tem ou teve problemas cardíacos, pressão arterial baixa ou hipertensão descontrolada, acidente vascular cerebral, problemas hepáticos, problemas renais ou uma diálise, perda de visão grave, retinite pigmentosa (uma doença ocular genética rara), úlceras do estômago, hemorragia, uma forma de pênis deformado ou doença de Peyronie, uma ereção que dura mais de 4 horas, problemas com células sanguíneas como anemia falciforme, mieloma múltiplo, ou leucemia, ou a ingestão de medicamentos chamados “alfa-bloqueadores”.

Outros medicamentos ou alimentação podem afetar este tratamento?

Se você ou um membro próximo do seu entorno experimentou sintomas ou condições médicas perigosas incomuns tomando Cialis, você deve primeiro entrar em contato com seu médico ou outro profissional de saúde.

O que fazer caso o medicamento não funcione?

Cialis requer excitação sexual para agir. Você pode estar muito cansado ou estar sexualmente excitado de maneira insuficiente. Se o medicamento não funciona repetidas vezes, você deve fazer uma consulta com seu médico para discutir alternativas de tratamento.

Ele é reembolsado pelo meu plano ou seguro de saúde?

Algumas seguradoras de saúde podem reembolsar o tratamento da disfunção erétil, mas muitas não o fazem. Verifique com o administrador do seu plano individual.

Cialis pode ser tomado por mulheres?

As autoridades de saúde não aprovaram o Cialis para as mulheres. Sua segurança e eficácia não foram estabelecidas em um grupo diferente de homens maiores de 18 anos.

Devo me preocupar com este tratamento se minha parceira está grávida?

Não há nenhuma resposta absoluta para esta pergunta, e a cautela deve ser aconselhada. Esta questão específica não foi estudada em ensaios clínicos. Não foi encontrado nenhum efeito do Cialis na mobilidade dos espermatozoides e na fertilidade ou no aumento de malformações congênitas em animais.

Cialis causa câncer?

Não. Extensos testes em animais não revelaram nenhum sinal de câncer.

Os comprimidos de Cialis aumentam minha libido (desejo sexual) ou minha agressividade?

Não. Cialis não tem nenhum efeito na libido. Testes psicológicos intensivos não revelaram nenhum aumento no comportamento agressivo ou desejo sexual.

Existe uma idade mínima ou máxima?

Cialis foi testado e comprovado como seguro para homens até a idade de 85 anos. Cialis não foi testado em homens com menos de 18 anos. Não é indicado na faixa etária pediátrica.

Como funciona o Cialis?

Ele age no aumento do relaxamento dos músculos lisos do pênis. Quando ocorre uma ereção, os músculos lisos do pênis e das artérias do pênis devem estar relaxados. Cialis maximiza o relaxamento e aumenta a eficácia da ereção. A enzima em que o medicamento atua especificamente é a fosfodiesterase tipo 5 (PDE-5), que situa-se quase que exclusivamente no pênis.

Página revista em: 31 Dezembro 2020 por Dr. Ricardo Hernández, Médico por 16 anos