Yasmin

Comprar pílula Yasmin Online: preços, comentários, posologia e efeitos colaterais - Portugal

bayerA pílula Yasmin é um contraceptivo combinado fabricado pelos laboratórios Bayer e posto em venda desde os anos 2000.

É uma pílula que está se tornando cada vez mais popular, pois atua em vários campos de ação. Deste modo, além de ser considerada uma pílula contraceptiva muito eficaz, também é um excelente tratamento contra acne.

livraison-commande
Colis_pharmacie

Além disso, ele possui igualmente outros benefícios como lutar contra a hipertensão, retenção de líquido ou ganho de peso. Confira nosso guia completo sobre Yasmin (também conhecido como Yasmin) abaixo.

Se você estiver procurando informações sobre vários métodos contraceptivos eficazes, aconselhamos consultar o nosso guia sobre “Como escolher sua contracepção?”.

Apresentação e eficácia desta pílula

Ela é composta por dois hormônios, um estrogênico, etinilestradiol e um progestativo, drospirenona, de última geração. Sua dosagem é de 0,03 mg de estrogênio a 3 mg de hormônio progestativo, por isso é uma pílula de dose muito baixa.

Devido à natureza de seu hormônio progestativo, Yasmin é um comprimido 4ª geração. A drospirenona tem a distinção de ser muito próxima ao hormônio natural progesterona, e reduz os efeitos da retenção de líquido que podem induzir alguns comprimidos, enquanto respeita o equilíbrio hormonal natural.

Yasmin, pílula de minidose, tem a forma de uma pastilha de 21 comprimidos, e é monofásica. Em outras palavras, todos os comprimidos contêm o mesmo teor progestativo e estrogênico. O principal modo de ação do Yasmin é o seu impacto na ovulação, que a coloca em estado adormecido, e as configurações do endométrio que o impedem de ser propício a uma implantação. Os hormônios vêm então, neutralizar os efeitos da hipófise.

É uma pílula contraceptiva eficaz?

Seu Índice de Pearl é muito bom. Lembre-se, ele mede o número de gravidezes por 100 mulheres no primeiro ano de utilização da pílula, tendo em conta este método.

De um lado, o valor do índice em perfeitas condições de utilização e o índice em condições reais é elevado (0,09 contra 0,57), por outro lado, se compararmos estas duas taxas, observa-se que a diferença continua a ser baixa. O índice de confiança é relativamente elevado em comparação às outras pílulas.

Para quem? As vantagens da pílula Yasmin

A pílula contraceptiva oral combinada Yasmin é uma pílula que contém um hormônio progestativo, a drospirenona, cuja sua natureza poderia levar a um pequeno aumento da secreção urinária. Daí resultam três vantagens.

Contra a retenção de líquido

A primeira é que este hormônio progestativo, devido ao seu efeito diurético, neutraliza os efeitos da retenção de líquido e sal causados por outros tipos de progesterona (incluindo as gerações anteriores) os quais são favorecedores. A retenção de líquido, é a maior quantidade de água que o corpo possui e pode se transformar em um edema, se eliminamos menos que absorvemos. De fato, este excesso será armazenado nos tecidos e irá formar um edema.

Muitas vezes, ele irá reter sal, pois o sal retém água. É também devido à absorção excessiva de sal pelos rins. Eles irão se juntar e se transformar em gordura, por isso é o responsável por uma parcela do ganho de peso, outras sensações são pernas pesadas, inchaço e sensibilidade mamária. Com este hormônio, a eliminação pela urina é mais importante e impede que este mecanismo de retenção ocorra, pois a atividade dos rins é aumentada.

Contra a hipertensão

A segunda vantagem é que, por favorecer a eliminação urinária por seu efeito diurético, Yasmin age também na hipertensão arterial (contribuindo em reduzir o volume de sangue que o coração deve fazer circular) e insuficiência cardíaca (pois a quantidade de sangue filtrada pelos rins é aumentada, o que provoca uma menor acumulação de líquido e sal). Isso pode ser interessante para mulheres que desejam uma atividade antimineralocorticóide, aquelas que constatam no período próximo à menstruação, a barriga inchada ou pernas e tornozelos inchados.

Contra a acne e o ganho de peso

Outras vantagens do contraceptivo oral hormonal combinado Yasmin, é que os hormônios progestativos possuem efeitos androgênicos muito baixos, e neste sentido, a pílula Yasmin age como um poderoso medicamento antiacne. As mulheres que possuem acne ou atividades hormonais androgênicas elevadas (pilosidade, secreção de sebo que produzem espinhas) se sentirão confortáveis com Yasmin, pois encontram nele um meio eficaz de contracepção, mas também benefícios estéticos. Outros benefícios proporcionados pelos efeitos androgênicos da pílula Yasmin: esta pílula possui excelentes efeitos de inibição contra a perda de peso. De fato, contrariamente à outras pílulas contraceptivas de composições diferentes (que muitas vezes fazem engordar, pois aumentam o apetite), os hormônios progestativos de Yasmin permitem a sua perda de peso.

Além destas propriedades diuréticas e antiandrogênicas relacionadas ao seu hormônio progestativo,

Yasmin permite a redução de dores relacionadas às menstruações, as dismenorreias, de maneira significativa.

Enfim, este método contraceptivo hormonal tendo uma dose muito baixa de estrogênios, não provoca nenhum impacto nos problemas metabólicos ou endócrinos.

Como utilizar Yasmin: Instruções e modo de uso

O contraceptivo Yasmin é uma cartela de 21 comprimidos. Ele é também do tipo monofásico. Deste modo, se deve tomar todos os dias em horários fixos durante 21 dias consecutivos. Se todos são idênticos em teor e composição, respeite assim mesmo a ordem indicada na cartela, afim de seguir a sua cartela e se assegurar que a cartela foi utilizada corretamente.

É possível, por exemplo, que se esqueça de tomar um comprimido e se tome 2 vezes (mesmo que isso não tenha nenhum impacto na sua saúde ou eficácia, e sim no ciclo), ou mais grave, esquecer completamente sem saber e continuar como se estivesse protegida, deste modo você se expõe a um risco. Estar ciente do seu esquecimento permite a você, pelo menos, limitar os riscos através dos seguintes procedimentos, seguindo as instruções abaixo:

Posologia da pílula Yasmin

Após tomar a pílula contínua durante 21 dias (que deve, portanto, levá-la a terminar a sua cartela), você fará uma interrupção por 7 dias no máximo. Hemorragias de privação se manifestarão durante este período.

Após 7 dias (ou seja, no 8º dia): você deve obrigatoriamente recomeçar a tomar seus comprimidos da nova cartela, pois se você está protegida de uma gravidez durante a interrupção de 7 dias, você não estará mais no 8º dia. Pode ser que a hemorragia de privação ocorra além de 7 dias, o que não exclui em nenhum caso recomeçar a nova cartela prevista no dia seguinte ao período de interrupção.

Falamos agora sobre a hemorragia de privação, pois elas não são as menstruações propriamente ditas, mas as falsas regras. Na verdade não há menstruação, pois a ovulação é interrompida e o eixo hipotálamo-hipófise-ovário se torna adormecido.

A utilização normal do Yasmin refere-se, portanto, a um padrão de 21/7 dias, com início da hemorragia de privação durante os últimos 7 dias sem tomar pílulas anticoncepcionais.

No entanto, você pode decidir retardar o aparecimento delas, adiando o período de interrupção, tomando uma cartela seguida da outra.

Você deverá tomar então, 42 comprimidos consecutivos, ao final você poderá retomar seu ciclo normal fazendo o período de interrupção de 7 dias. Deste modo, suas hemorragias de interrupção aparecerão. Por outro lado, você pode antecipar sua chegada no próximo ciclo, fazendo um período de interrupção mais curto, ou seja, tomando o comprimido da nova cartela mais cedo. As próximas hemorragias de privação chegarão alguns dias mais cedo que o habitual.

Uma mudança nas regras podem levar à aparição de pequenos sangramentos (spottings) ou metrorragias, especialmente à medida em que ocorre a diminuição do intervalo entre as duas cartelas.

E se eu desejar substituir minha pílula contraceptiva Yasmin?

A pílula contraceptiva Yasmin pode substituir qualquer método contraceptivo, assim como ser utilizado como primeiro método de contracepção. O seu médico deve obrigatoriamente enviar um questionário seguido de uma avaliação de saúde afim de verificar seus antecedentes e eliminar os fatores de risco.

Você pode então, substituir uma pílula combinada de 2ª ou 3ª geração para Yasmin, tomando seu 1º comprimido no dia seguinte de interrupção da pílula precedente.

Neste caso, você não fará a semana de interrupção. Se você desejar fazer a semana de interrupção, você pode tomar Yasmin no mais tardar no dia seguinte aos 7 dias de interrupção habitual.

Em outras palavras, como de costume, você abriria uma nova embalagem e tomaria o 1º comprimido da sua pílula anterior, mas nesse caso será Yasmin. Isso se aplica se seu contraceptivo continha uma cartela de 21 dias. Se o seu contraceptivo era de 28 dias, com 7 pílulas de placebo, você deve tomar Yasmin na sequência do último comprimido do seu contraceptivo anterior.

Se o seu método contraceptivo é um anel vaginal ou um adesivo transdérmico: tome o primeiro comprimido de Yasmin no dia de retirada de seu dispositivo. Você tem no mais tardar até 7 dias, seja o dia previsto para implantar um novo anel vaginal ou substituir um adesivo transdérmico, para dar lugar ao 1º comprimido de sua nova pílula.

Você pode igualmente escolher passar de um método contraceptivo somente progestativo à uma pílula estroprogestativa como Yasmin. Qualquer que seja o dispositivo que você utilize, a única regra a observar é adicionar um outro método contraceptivo não hormonal mecânico, por 7 dias.

Se você toma uma pílula progestativa: você pode efetuar a mudança em qualquer momento do ciclo.

Caso você tenha um dispositivo intrauterino hormonal ou um implante: a transferência se fará no mesmo dia de retirada.

Caso você receba injeções progestativas trimestrais: Você deverá fazer a mudança no dia em que você deveria tomar a próxima injeção.

Se a pílula Yasmin é o seu primeiro método de contracepção: Você deve tomar Yasmin no 1º dia de menstruação. No caso do contraceptivo ter sido prescrito como primeira opção, é provável que as pílulas de 2ª geração sejam contraindicadas ou não sejam adequadas para você. Isto é possível e justificável, certifique-se que seu médico lhe dê as explicações, resultados de exames e questionários efetuados anteriormente.

Se você sofreu um aborto no primeiro trimestre de gravidez, não existe medida particular a seguir relativa à ingestão imediata de Yasmin. No entanto, se sua interrupção voluntária de gravidez ou parto ocorreram no segundo semestre, você deve esperar um ciclo de 21 ou 28 dias antes de tomar ou recomeçar a tomar a pílula Yasmin. Este período implica na utilização de um método contraceptivo não hormonal mecânico.

Você pode igualmente esperar mais de 28 dias, caso continue a utilizar o método contraceptivo de tipo mecânico não hormonal, até começar o uso de Yasmin, ou ainda além de 7 dias.

Esquecimento da pílula Yasmin

O que fazer em caso de esquecimento?Nos dias de hoje, existem aplicativos para evitar o esquecimento da pílula!

Esquecer sua pílula de maneira esporádica, pode ocorrer principalmente no começo, e razões e oportunidades não faltam. Isto pode ser resolvido com alguns hábitos a praticar como um ritual, ou uma simples chamada telefônica.

Redobre a vigilância em determinados momentos, especialmente após o período de interrupção entre duas cartelas no momento de retomada, que é estatisticamente o período mais propício a esquecimentos, e biologicamente o mais arriscado em termos de gravidez.

O esquecimento traz um risco e você deve adotar um comportamento adequado afim de minimizar as consequências.

Existem primeiramente certos princípios a ter em mente, para que se possa estar preparada para qualquer eventualidade.

Para ser eficaz, a pílula cominada age na ovulação e no endométrio, que são habitualmente controlados pelo hipotálamo, região baixa do cérebro. Assim, para que a pílula controle o ciclo hormonal, não controla somente esta região, mas sim toda a área hipotálamo-hipófise-ovário, para que o cérebro interrompa a neurossecreção de hormônios propícios à indução do ciclo menstrual. Isto implica em duas coisas:

  • Nunca pare de tomar a pílula por mais de 7 dias, especialmente durante o intervalo habitual de interrupção onde você constata a chegada das hemorragias de privação.
  • Utilize sempre um contraceptivo não hormonal em complemento durante 7 dias quando o esquecimento for superior a 12 horas. O preservativo é uma boa opção.

Em seguida, a ação que você tomará dependerá da duração do esquecimento, de outra parte da semana do esquecimento.

Se o seu esquecimento for inferior a 12 horas: Tome o comprimido esquecido logo que seja constatado, e continue sua cartela normalmente no horário habitual. Você não deve pular nenhum comprimido. Um esquecimento de 12 horas a mantém protegida de um risco de gravidez. No entanto, é diferente de um esquecimento superior a 12 horas, a eficácia contraceptiva será alterada. Em relação aos atrasos superiores a 12 horas: você deve primeiramente se situar temporariamente no ciclo.

Se se trata de 1 semana: Tomar o contraceptivo assim que o atraso seja constatado, e da mesma maneira que anteriormente, seguir o uso do contraceptivo normalmente. Nesta configuração, é possível que você tenha que tomar duas pílulas ao mesmo tempo, não é grave. Você deve adicionar um contraceptivo complementar não hormonal, como um preservativo, e durante os 7 dias seguintes ao esquecimento, pois a pílula não poderá garantir uma eficácia máxima durante este período, devido à proximidade com o período de interrupção que ocorreu na semana anterior.

Durante a semana 2: Se um contraceptivo é esquecido, é como para a semana 1, você deverá tomar o comprimido assim que constatar o esquecimento, e tome o seguinte no mesmo horário habitual (com a possibilidade de tomar dois comprimidos em horários muito próximos). No entanto, uma vez que você está na semana seguinte à ingestão contínua da pílula durante 7 dias, você não necessita adicionar um contraceptivo não hormonal mecânico. Isto se aplica somente em caso onde você tenha esquecido somente um comprimido no curso do ciclo. Caso você tenha esquecido mais de uma pílula, você deve imperativamente adicionar um preservativo, afim de protegê-la do risco de gravidez.

Se você está na semana 3: do seu ciclo menstrual, e no caso de haver esquecido somente um comprimido (o que está em questão) durante todo o ciclo, você pode optar por uma das duas opções sem necessitar adicionar um método contraceptivo não hormonal suplementar:

Você pode escolher tomar o comprimido esquecido, assim como o seguinte em horário habitual, e continuar a sua cartela até o fim. Com o fim da cartela, em lugar de fazer o período de interrupção, você deverá começar a nova cartela diretamente. Neste caso, você, portanto, perde um ciclo menstrual, e a hemorragia de privação não ocorre. No entanto, você pode notar sangramentos de escape (spottings) ou metrorragia, sem ter que se preocupar.

Por outro lado, se você preferir provocar sua hemorragia de privação imediatamente, ou seja, não tomando o comprimido esquecido nem os seguintes. Você então fará a habitual interrupção de 7 dias, mais cedo, antes de começar uma nova cartela do contraceptivo.

Se o comprimido esquecido não foi o único durante o ciclo: você deve por uma parte, seguir a primeira opção iniciando diretamente uma cartela após a outra, e de outra parte, adicionando obrigatoriamente um preservativo durante 7 dias.

Saiba que se durante a interrupção de 7 dias, você não tiver hemorragias de privação (ainda que habitualmente seja este o caso), isto pode ser um sinal de que você esteja grávida. Você deve se certificar o mais rápido possível fazendo um teste de gravidez o mais breve possível.

Além dos esquecimentos, outras situações podem colocá-la em risco, especialmente quando você estiver doente e sofrer de problemas intestinais ou gástricos. Neste caso, você pode eliminar o contraceptivo através de vômitos ou diarreias agudas, especialmente se eles ocorrem nas três horas seguintes à ingestão do comprimido, antes da total dissolução e absorção do comprimido. Se isso acontecer com você, as mesmas regras de um esquecimento são aplicáveis.

Efeitos colaterais e indesejáveis relacionados à utilização de Yasmin

Yasmin é uma pílula de natureza progestativa, devido à sua forte dosagem de progestina. Mas os hormônios progestativos de pílulas contraceptivas orais combinadas de 4ª geração são conhecidos por terem uma atividade mais baixa destes hormônios, que as pílulas de gerações anteriores e possuem propriedades antiandrogênicas.

Portanto, Yasmin é um contraceptivo de minidose no qual a ação do hormônio progestativo é mais baixo, fazendo com que este não venha a equilibrar os efeitos do hormônio estrogênio: é portanto, o estrogênio que importa.

Deste modo, apesar de sua natureza progestativa, ele poderá ser menos bem tolerado por mulheres com perfil estrogênico, aquelas que sofrem com regras dolorosas e abundantes, e de sensibilidade mamária nos períodos pré-menstruais. Estes sintomas poderão vir acompanhados de dores de cabeça e de náuseas. Se eles persistiremm, será necessário consultar seu médico.

Além disso, poderá levar um certo período (3 meses) para que o fenômeno de sangramentos de escape ou metrorragias desapareçam.

Um outro efeito colateral são as infecções genitais, como as candidíases, que podem favorecer um desequilíbrio da flora vaginal com a pílula Yasmin. Ela é frequente nas mulheres em geral e rapidamente tratadas, não há razão para se preocupar caso você desenvolva esta micose vaginal.

É preciso ter atenção às substâncias contidas em Yasmin, a primeira delas é a lactose. Se o teor é de 46 mg, é muito elevado e significativo para mulheres que sofrem de intolerância à galactose ou lactose, ou que absorvem mal a galactose, lactose e glucose (síndrome de má absorção).

Contraindicações e riscos

As pílulas de 4ª geração estão sujeitas a uma maior vigilância e atenção sobre os riscos de trombose. Se o seu médico, após ter feito uma avaliação (pressão, medição da pressão arterial, pesquisa de antecedentes e fatores de risco) irá prescrever a você a pílula anticoncepcional Yasmin, não há com o que se preocupar.

cerazette

Visitas regulares são no entanto indispensáveis para garantir que você tenha uma avaliação atualizada, assim como de seu estado de saúde e sua disposição para continuar a utilizar a pílula Yasmin. Além disso, caso você utilize Yasmin por mais de um ano, sem constatar efeitos colaterais ou sintomas novos, ou seja, se você tolera bem o contraceptivo, e não apresenta nenhum risco, não há preocupações ou razões para interromper seu uso.

No entanto, se você notar qualquer um dos sintomas abaixo, se você possui antecedentes familiares ou hereditários, se você já desenvolveu uma das patologias abaixo, finalmente, se você tem um comportamento de risco, pare de tomar Yasmin e consulte um médico.

O risco de tromboembolismos venosos e arteriais são os dois riscos mais sérios, e os mais raros, relacionados ao uso de contraceptivos em geral.

Em relação às tromboses venosas, estas evoluem para flebites (formação de coágulos sanguíneos) ou embolias pulmonares (obstrução das veias pulmonares por um coágulo sanguíneo). Se você possui antecedentes destas patologias, você possui então fatores de risco.

Outros elementos podem colocá-la na categoria de pessoas em risco. Por exemplo, se você toma algum medicamento anticoagulante, existe um risco. A presença de anticorpos (antifosfolipídeos, resistência à proteína C ativada, déficit de proteína C ou S) também a expõe a desenvolver trombose venosa.

O risco de tromboses arteriais deve também ser levado em conta, que pode evoluir para enfartos e acidentes vasculares. Se você possui antecedentes ou já desenvolveu problemas cardíacos ou vasculares, ou acidentes cerebrais, você não deverá utilizar a pílula Yasmin.

Por exemplo, se você possui enxaquecas repetidas e fortes, com sinais neurológicos focais, você está potencialmente em risco, o mesmo ocorre caso você possua predisposições particulares.

No entanto, é necessário não ceder à paranoia, mas simplesmente eliminar os fatores de risco!

Enfim, uma série de fatores também são levados em conta          na medida em que aumenta a probabilidade de desenvolver acidentes tromboembólicos: imobilização prolongada, tabagismo principalmente após os 35 anos, doenças como diabetes resultante de distúrbios vasculares (lesões), hipertensão arterial, hiperhomocisteinemia (altos níveis deste aminoácido no plasma), taxa de colesterol elevada (especialmente em relação à hipertrigliceridemia e à dislipoproteinemia).

A pílula Yasmin não provoca acidentes, mas é um solo fértil para favorecê-las, quando se há antecedentes. Quando já existe uma possibilidade que você desenvolva estes problemas e patologias, a ingestão de um contraceptivo é somente um catalisador. De qualquer forma, é útil que você saiba os riscos.

Enfim, recomendamos evitar a utilização de um método contraceptivo oral combinado em caso de outras patologias, antecedentes, possibilidades fortes de desenvolver cânceres hormônio-dependentes (órgão genitais, seios) ou doenças hepáticas severas (doenças de fígado), assim como insuficiência renal.

Como comprar Yasmin Online & em Portugal?

prescriptionEscolher a pílula pode exigir um certo tempo, antes que se encontre a mais adequada e que cause o mínimo de efeitos colaterais.

Comprar Yasmin na farmácia em Portugal

Para adquirir a pílula contraceptiva, o meio mais clássico e mais antigo é a ida ao ginecologista. Através de um exame médico, o médico irá prescrever se a condição de saúde da mulher permite uma receita médica. Munida da prescrição, a paciente poderá comprar Yasmin em farmácia.

Comprar Yasmin Online em Portugal

A maioria das mulheres conhecem o mesmo problema, marcar uma consulta no ginecologista pode ser uma tarefa complicada, e às vezes mesmo impossível. Em vez de esperar 3 meses para conseguir uma consulta, atualmente é possível comprar Yasmin on-line. De fato, há alguns anos atrás, vimos o surgimento de clínicas on-line permitindo a realização de um exame médico feito diretamente pela internet. Este exame é então verificado por ume equipe médica. Caso a equipe médica autorize, você receberá a prescrição para comprar a pílula on-line.

Embora esta possibilidade seja muito interessante para as pacientes, você deve saber que a compra de uma pílula contraceptiva, como qualquer outro medicamento sob prescrição pela internet, não é autorizada em todos os países.

De fato, a lei difere entre os Estados Membros da União Europeia. Para ter certeza que a compra está sendo feita por um site autorizado, por favor, verifique com a agência de saúde de seu país.

Qual o preço da pílula Yasmin Online & em Portugal?

Como todas as pílulas contraceptivas, que tratam ou não a acne, Yasmin é disponível somente sob prescrição médica. As farmácias são então autorizadas a escolher livremente o preço da pílula. Estas podem com base nos seus custos e margens, decidir aumentar ou diminuir o preço da pílula. Esteja ciente de que a pílula não é reembolsada pela previdência social.

  • Yasmin preço: Comprar Yasmin em uma farmácia em Portugal

Nas farmácias, o preço da pílula contraceptiva Yasmin para um mês de tratamento contraceptivo varia de varia entre 11,10 € e 45,52 €, seu preço médio é de 29,08 €. A este valor, você deve adicionar o custo da consulta médica com o seu ginecologista, que pode variar entre 35 e 90 €.

  • Yasmin preço: Comprar Yasmin Online

On-line, os preços da pílula contraceptiva Yasmin são relativamente muito interessantes. Eles variam entre 20 € e 25 € para um mês de tratamento. Segundo os sites da Internet, a prescrição e a taxa de entrega estão incluídas.

Atenção: Alfadoc sempre recomenda que você vá ao seu ginecologista para realizar um exame médico e obter uma prescrição, que permitirá realizar a compra em farmácias, no entanto, se você desejar encomendar on-line, esteja atento aos sites de Internet que oferecem preços baixos e intitulados como « Yasmin barato», « Yasmin mais barato» Esses sites geralmente oferecem medicamentos falsificados.

Fontes
Métodos de contracepção – Outras informações disponíveis sobre Yasmin Online
DinamarcaPolônia
Suécia

Comentários sobre Yasmin Online & em Portugal

Comentários sobre Yasmin Online & em Portugal
9.6

EFICÁCIA

9.7 /10

EFEITOS COLATERAIS

9.6 /10

FÁCIL DE USAR

9.7 /10

PREÇO

9.4 /10

Pros

  • Quase 100% de proteção contra a gravidez
  • Contraceptivo continha uma cartela de 21 dias
  • Redução do risco de efeitos secundários

Cons

  • Transtornos menstruais
  • Dor mamária
  • Mau humor

2 Comments

  1. Raquel

    EFICÁCIA

    9.80

    EFEITOS COLATERAIS

    9.20

    FÁCIL DE USAR

    9.40

    PREÇO

    9.30

    A pílula Yasmin me serve muito bem, é perfeitamente adaptada ao meu organismo, eu não sofro de dores menstruais ou outros problemas.

    Reply
  2. Giorgia

    EFICÁCIA

    9.20

    EFEITOS COLATERAIS

    9.90

    FÁCIL DE USAR

    9.70

    PREÇO

    9.30

    Perguntei ao meu médico para me receitar a pílula Yasmin, pois estava preocupada em ganhar peso, especialmente na região das nádegas. Estou com esta pílula há 7 meses, eu ainda não senti nenhum efeito colateral. Continuo a tomar.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Lost Password