Impotência

ImpotênciaExceto por casos isolados, a prática sexual ocupa um lugar importante na relação de um casal.

Esta importância aumentou ao longo do tempo através de movimentos sociais, tais como a emancipação das mulheres (no início dos anos 30) ou ainda, a diminuição gradual dos tabus relacionados à esta prática íntima que favoreceu a expressão de vontades e ajudou a mudar a percepção do imaginário coletivo, face às questões da sexualidade.

A partir disto, torna-se lógico e até mesmo recomendável consultar os médicos sobre questões de impotência sexual. O que também era um tabu, hoje em dia é uma doença conhecida de todos, e conta com a existência de numerosos medicamentos para tratá-la.

A impotência sexual: O que é?

A impotência sexual consiste na incapacidade persistente e/ou permanente de manter uma ereção em uma relação sexual completa e satisfatória com o parceiro/a.

O que é a disfunção erétil?

O que é a disfunção erétil?

Se trata de diferenciar a impotência sexual com falhas ocasionais, que podem ser devido:
ao stressà fadiga (ou insônia)
ao álcoolao tabaco
à obesidade

 

Portanto, as disfunções de ereção, são estabelecidas depois de um período de tempo considerável (mais de 6 meses em geral), nas quais se constata fracassos repetidos e contínuos.

Anatomia-do-Pénis-ereto

Não deixe que a impotência sexual prejudique sua vida em casal!

Estas disfunções sexuais crônicas (diagnosticadas como transtorno sexual, ou mais comumente conhecido como impotência masculina) estão se tornando mais frequentes. De fato, nos dias de hoje, cerca de 30% dos homens com mais de quarenta anos, sofrem de problemas de ereção, e verifica-se que estes números estão crescendo de forma constante durante vários anos. Especialmente pelo fato de ter ocorrido uma mudança nos costumes, os homens atualmente admitem mais facilmente sua impotência, a fim de melhorar sua condição através de um tratamento eficaz.

Além disso, é sempre útil conversar com seu médico, pois como veremos a seguir, a disfunção erétil pode realmente esconder problemas de saúde mais graves, como risco cardíaco ou risco de diabetes.

Tipos de disfunção erétil

Os termos “disfunção erétil” e “impotência” são facilmente confundidos.

Esta confusão pode muito bem levar a erros de autodiagnóstico feito pelos homens. Portanto, é importante compreender os termos e diferenciá-los um do outro.

A disfunção erétil é um termo geral para uma variedade de distúrbios sexuais. A Impotência descreve a completa incapacidade de estabelecer ou manter a ereção e esta é apenas uma parte da disfunção.

Impotência é a incapacidade constante de um homem de conseguir uma ereção ou manter o objetivo de levar uma vida sexual satisfatória. Esta doença pode ser prevenida e é comum em homens com mais de 40 anos, mas pode afetar homens de todas as idades.

Fatores como um estilo de vida pouco saudável, a ingestão de certos medicamentos, stress excessivo, aumento e consumo regular de álcool e a ocorrência de várias doenças, como diabetes ou hipertensão, podem levar à impotência. Com a mudança nos estilos de vida, os homens jovens são cada vez mais afetados por esta doença.

Uma ereção saudável baseia-se em várias ações

  1. Durante a estimulação sexual, o óxido nítrico (NO) é liberado no corpo cavernoso no centro do pênis
  2. Quando a enzima guanilato ciclase é estimulada pela concentração de óxido nítrico, as concentrações de monofosfato cíclico de guanosina (GMPc) aumentam e, por consequência, resultam em um relaxamento da musculatura lisa dos corpos cavernosos, havendo portanto, o fluxo sanguíneo para o pênis.
  3. A proporção de monosfato cíclico de guanosina é regulada pela velocidade de síntese através da guanilato ciclase, mas também pela porcentagem de degradação pela PDE-5.

Causas

Há duas causas para a impotência, de um lado, existem as causas psicológicas e os outros são as causas físicas.

Causas-da-disfunção-erétil

Causas físicas :De fato, a disfunção erétil está associada a várias doenças. Estas incluem:
Arterosclerose (doença cardiovascular)Hipertensão Arterial
DiabetesTraumatismo na pelve
Deformidade penianaPresença de tumores
Doença de ParkinsonMal de Alzheimer
Esclerose múltiplaDistúrbios hormonais importantes e frequentes

 

Em relação à estas doenças e seus sintomas, anomalias fisiológicas podem surgir, levando à uma fraqueza sexual que, se não tratada a tempo, pode se transformar em impotência incurável.

Os principais sintomas físicos que podem ocasionar impotência sexual são:

  • Estreitamento das artérias devido ao acúmulo de gordura,
  • Esclerose de pequenas artérias penianas
  • Diminuição ou perda dos sinais nervosos que conduzem o fluxo para o pênis.

As causas psicológicas:

As causas psicológicas podem ser consideradas quando se verifica que o paciente tem ereções noturnas. Isso demonstra o bom estado de reflexos neurológicos e vasculares e, portanto, a capacidade física do indivíduo de contrair uma ereção quando seus pensamentos estão inconscientes.

Além disso, um começo de impotência (ou fraqueza sexual involuntária), sem, a princípio, qualquer trauma ou consumo de medicamentos em particular, leva a crer que as causas da disfunção erétil são psicológicas. Estas causas dizem mais respeito à separação entre o psíquico e o órgão sexual. Existe uma falta de estímulo nervoso provocado no cérebro. Esta falha pode ser devido à uma inibição inconsciente de ordem emocional (stress, identidade sexual questionada), religiosa ou mesmo cultural.

Soluções

Antes de tudo, lembre-se que se você sofre de impotência, exceto em casos raros, é possível tratar completamente a doença, até seu desaparecimento. Este é o resultado de muitos avanços no setor, que nos últimos anos tem desenvolvido muitos tratamentos, cada vez mais eficazes.

Uma das primeiras soluções testadas por terapeutas sexuais, é a de reestimular o desejo e a vontade, para garantir que a impotência ou a fraqueza sexual não provenham de uma causa psicológica.

Vem em seguida, a prescrição da medicação, que continua a ser a solução mais comum até o momento. A este respeito, existem vários fármacos (todas para homens adultos) que permitem obter uma ereção suficientemente durável para que se tenha relações sexuais satisfatórias para ambos os parceiros. Se trata do Sildenafila (Viagra), Vardenafila, do Tadalfila, e mais recentemente do Spedra.

Todos estes tratamentos se baseiam na ação de inibidores da fosfodiesterase tipo 5, onde se constata semelhanças entre os medicamentos, ao ler suas bulas.

viagraViagra

  • Primeira pílula desenvolvida para tratar a impotência
  • Funciona em 30 minutos
  • Duração: até 4 horas
  • Substância ativa: Sildenafila
  • Fabricante: Laboratórios Pfizer
  • Efeitos colaterais: dores de cabeça, ondas de calor, tontura, dispepsia, congestão nasal, alteração na visão de cores

cialisCialis

  • Uma das pílulas mais populares contra a disfunção erétil, devido à sua longa
  • duração de ação
  • Funciona em 30 minutos
  • Duração: até 36 horas
  • Princípio ativo: Tadalafila
  • Fabricante: Laboratórios Eli Lilly
  • Efeitos colaterais: dores de cabeça, dispepsia, tonturas, sensação de calor, congestão nasal, dores nas costas

Cialis 5 mg por dia

  • Tratamento eficaz único para uso regular
  • É continuamente eficiente, 3 a 5 dias após a primeira dose
  • Duração: efeito permanente
  • Princípio ativo: Tadalfila
  • Fabricante: Laboratórios Eli Lilly
  • Efeitos colaterais: dores de cabeça, dispepsia, tonturas, sensação de calor, congestão nasal, dores nas costa.

levitraLevitra

  • Terapia mais adequada em homens maduros. Também comumente utilizado em homens com outras condições tais como diabetes, colesterol alto e hipertensão.
  • Funciona após 20 minutos
  • Duração: até 5 horas
  • Princípio ativo: Vardenafila
  • Fabricante: Laboratórios Bayer HealthCare Pharmaceuticals
  • Efeitos colaterais: dores de cabeça, ondas de calor, dispepsia, náuseas, tonturas, rinite

Levitra Orodispersível

  • Oferece uma alternativa para os homens com impotência, que têm dificuldade em tomar comprimidos.
  • Funciona em 20 minutos
  • Duração: até 5 horas
  • princípio ativo: Vardenafila
  • Fabricante: Laboratório Bayer HealthCare Pharmaceuticals
  • Efeitos colaterais: dores de cabeça, ondas de calor, dispepsia, náuseas, tonturas, rinite.

spedraSpedra

  • O mais recente estimulante sexual do mercado. Spedra foi colocado à venda em abril de 2014 na Portugal e na Europa.
  • Funciona 15 minutos após ingestão
  • Duração: até 6 horas
  • Princípio ativo: Avanafila
  • Fabricante: Laboratório Berlin-Chemie AG
  • Os efeitos colaterais incluem dores de cabeça, vermelhidão facial, congestão nasal, tonturas, dores nas costas.

Embora tratamentos médicos sujeitos a prescrição médica sejam a solução mais eficaz para tratar a disfunção erétil, também existem outras maneiras.

7 medidas de prevenção contra a impotência:

  1. Preste atenção em sua pressão arterial: você deve medir sua pressão arterial pelo menos uma vez por ano.
  2. Se você tem diabetes, monitore regularmente o seu nível de glicose no sangue.
  3. Verifique regularmente o seu colesterol
  4. Pratique uma atividade física suficiente (pelo menos 30 minutos por dia). Homens que praticam esportes regularmente são menos propensos a desenvolver disfunção erétil do que outros.
  5. Evite o uso excessivo de álcool: o consumo excessivo de álcool favorece problemas de ereção, e o mesmo vale para o uso de drogas
  6. Pare de fumar: O consumo de tabaco quando iniciado no período da adolescência, promove o risco de disfunção erétil aparecer. O tabaco e seus componentes relacionados resultam no entupimento das artérias, bloqueando assim o fluxo sanguíneo para o pênis. Homens que param de fumar podem recuperar completamente a função erétil normalmente após 6 meses.
  7. Tenha uma alimentação saudável: Alimentos chamados “junk food” são ruins para a saúde, mas também para a qualidade de sua ereção.

A prevenção da impotência pode somente contribuir para uma vida sexual saudável. No entanto, a prevenção da impotência por estilo de vida saudável por si só, não garante que se evitará a disfunção erétil. A prescrição de tratamentos são inevitáveis.

Conversar com o seu parceiro pode ajudar você!

É extremamente importante falar aberta e honestamente sobre sexo e disfunção erétil com o seu parceiro/a. No entanto, muitas pessoas têm dificuldade ou se sentem inibidos em falar sobre o assunto.

Ao falar com o seu parceiro, você poderá ser tranquilizado, poderá recuperar a confiança e, finalmente, diminuir os problemas.

Fontes

Lost Password