Eu sou muito jovem para usar um tratamento contra a disfunção erétil?

Embora a impotência masculina afete principalmente homens acima de 40 anos, pode afetar também qualquer homem que atinge a maturidade sexual.

Muitos são os homens jovens com menos de 30 anos que se deparam com dificuldades sexuais desta ordem. Mas na grande maioria dos casos, as causas da disfunção erétil nos homens jovens são de ordem psicológica. Especialmente em razão do stress ou da ansiedade devido à pressão da boa performance.

Nos últimos anos, o conhecimento sobre a disfunção erétil evoluiu consideravelmente. Historicamente, a impotência era tabu e não era considerada uma condição médica propriamente dita. Milhões de homens já não hesitam em abordar seus problemas de ereção com seu médico, e graças ao fato de que a disfunção erétil é considerada um problema de ordem física, pode ser resolvida com a prescrição de um tratamento adaptado.

No entanto, apesar da evolução de consciência, a disfunção erétil é associada geralmente aos homens mais velhos. Esta ideia comum é particularmente veiculada pela mídia, cinema e publicidade. Esta última relaciona geralmente os tratamentos contra impotência (exemplo do Viagra) aos homens com idade de 40 anos ou mais.

É provavelmente uma das razões para explicar a difícil associação de problemas de ereção com a juventude. E ao contrário dos mitos existentes, embora a disfunção erétil seja mais comum em homens mais velhos, também diz respeito aos jovens.

Então, por que a disfunção erétil é mais frequente em homens mais velhos?

A porcentagem de homens com mais de 40 anos afetados por problemas de ereção é elevada e por isso a impotência é percebida como um problema de homens maduros. De fato, se estima que mais da metade dos homens com idade entre 40 e 70 anos sofrerão em um dado momento de problemas de ereção.

Mas quais são os fatores que explicam que a disfunção erétil é mais corrente nos homens com idade mais avançada? Para responder esta pergunta, primeiramente é necessário explicar as causas físicas na origem destes sintomas:

A ereção resulta de uma sequência complexa de reações moleculares e químicas. Quando um homem tem uma estimulação sexual, o cérebro transmite sinais nervosos específicos e disparam certas respostas hormonais. Estes últimos são responsáveis pelo fluxo de sangue para o pênis e mais particularmente para o corpo cavernoso. Com o aumento da circulação sanguínea que provoca a ereção do pênis.

Os sintomas da disfunção erétil podem aparecer devido a um problema de circulação sanguínea, especialmente quando o sangue não pode alcançar corretamente o pênis. Os tratamentos tais como Viagra e Cialis facilitam a dilatação dos vasos sanguíneos na base do pênis. Por isso, o sangue flui mais facilmente, o que favorece uma ereção contínua.

Os problemas circulatórios em homens de idade são frequentes e isto se explica por uma série de fatores, incluindo a presença de uma doença não diagnosticada (diabetes ou hipertensão arterial). A impotência não pode em nenhum caso ser considerada como ‘um processo natural da velhice’, mesmo que o risco de desenvolver doenças que afetam a circulação sanguínea aumente com a idade.

Os problemas de ereção também dizem respeito aos homens jovens. Um estudo[1] da Universidade Vita-Salute San Raffaele, em Milão, estudou o caso de 400 homens vítimas da disfunção erétil. Se constatou que um em cada 4 homens que participaram do estudo científico tem menos de 40 anos.

Que significa o fato de sofrer de disfunção erétil em idade jovem?

As causas da disfunção erétil em jovens não são necessariamente diferentes das dos homens mais velhos, mas algumas delas prevalecem nos homens com idade entre 18 e 40 anos. Assim, como já foi mencionado anteriormente, problemas de circulação sanguínea podem resultar em diabetes, hipertensão arterial ou uma infinidade de outras doenças.

Além disso, o consumo de álcool, drogas e tabaco favorecem o aparecimento de problemas de ereção. Estas toxinas podem inibir a circulação sanguínea, impedindo uma correta transmissão de sinais entre os centros de prazer do cérebro e vasos sanguíneos ao redor do pênis.

No entanto, estudos científicos parecem centrar-se em causas de natureza psicológica. A pressão ligada à performance sexual, problemas de relação, falta de experiência sexual, ansiedade ou ainda stress no trabalho são também causas que podem ser a origem de sintomas de disfunção erétil. A impotência pode também ser a consequência de um círculo vicioso, pois sofrer uma primeira vez deste problema gerará um stress em toda nova relação sexual.

Os tratamentos contra disfunção erétil para os jovens se distinguem dos tratamentos para os homens mais velhos?

Não, pois a maneira na qual os problemas de ereção serão tratados dependerá das causas dos sintomas. O mais importante é se lembrar que independentemente da causa de seus problemas de ereção, você pode ser ajudado. E independentemente da sua idade, é importante tomar as medidas necessárias para resolver estes problemas.

Quando a disfunção erétil afeta homens com mais de 40 anos por um problema de circulação sanguínea, ela será geralmente tratada com um tratamento adaptado. Os medicamentos também podem ser prescritos para homens mais jovens. No entanto, é preferível discutir antecipadamente com seu médico, pois os problemas de circulação podem também ser causados por uma doença mais séria não diagnosticada.

Os homens que sofrem de disfunção erétil ligada ao stress e à ansiedade, jovem ou de idade madura, privilegiarão outros métodos como falar sobre seus problemas com sua parceira ou com um terapeuta. Ter consciência de seus medos face à sua performance sexual, permitirá combater eficazmente os sintomas.

Mas se tal método não produz os efeitos esperados, a prescrição de um tratamento para a disfunção erétil pode ser considerada. O aumento da circulação sanguínea permite geralmente a melhora da performance sexual, mesmo quando os sintomas de impotência são ligados ao stress. A prescrição de um medicamento para a disfunção erétil também pode melhorar a falta de confiança em si e resolver os problemas de ereção.

Eu sou muito jovem para utilizar um tratamento contra a disfunção erétil?

Se você tem 18 anos ou mais, se você é sexualmente ativo e se você sofre de problemas de ereção persistentes, não ignore a sua situação simplesmente porque é comum pensar que sua impotência afeta somente homens mais velhos. Não hesite em discutir seus problemas com seu médico ou seu parceiro/a.

Para obter informações detalhadas sobre os medicamentos disponíveis consulte o site euroClinix.

Página revista em: 6 Outubro 2016 por Dr. Ricardo Hernández, Médico por 16 anos